Significado das cores para decorar quarto de bebe

0

Quando estamos gravidas ficamos imaginando, como será o rostinho, os olhinhos, se será parecido com o papai ou com a mamãe. É uma fase encantadora. Enquanto o bebe não chega, vamos preparando o enxoval, compramos as roupinhas, os brinquedos e decorando o quarto para recebê-lo. Você sabia que cada cor tem um significado? Cada cor traz consigo uma energia diferente, e diferentes comprimentos de onda são captados por nossos olhos de diferentes maneiras.

Se você prestar atenção cada cor tem influência sobre nossas emoções. Elas acalmam, alegram e às vezes até nos deprimem. Acontece no inverno, quando olhamos aquele dia, nublado, cinza ficamos pra baixo, já no verão com aquele colorido, azul, amarelo é só alegria.

De acordo com a profissional, as cores mais fortes têm uma influência mais intensa, enquanto os tons pastel, mais suaves, têm uma influência mais sutil.

As cores influenciam no humor dos bebes
As cores influenciam no humor dos bebes

Bebês são muito sensíveis captam tudo que se passa ao seu redor. Prestam atenção em coisas que devido a correria nem notamos. As cores fortes podem ser um estímulo excessivo ao seu sistema neurológico ainda em desenvolvimento. Por isso, o melhor é dar preferência a cores suaves no quarto dos bebês. Claro que podemos ter objetos coloridos decorando o quarto, mas as paredes, cortinas e colchas devem possuir cores claras.

Segundo o Feng Shui, devemos seguir a harmonia de tons da natureza, fazendo com que o piso possua um tom mais escuro do que os das paredes, e o teto mais claro do que elas. “Paredes mais escuras do que o chão, ou teto mais escuro do que as paredes, geram um desequilíbrio na dinâmica das energias yin (princípio feminino) e yang (princípio masculino)”.

A energia das cores também será transmitida para a mamãe. Se você deseja calma e tranquilidade enquanto curte seu bebe, escolha cores frias. Já cores fortes são mais acolhedoras.

Cuidado com os excessos, senão as cores trarão o efeito inverso Um quarto com cores quentes em excesso pode deixar o bebê agitado, e levar a problemas como insônia ou cólicas. Um quarto com cores excessivamente frias pode levar à apatia e à depressão, enfraquecendo o sistema imunológico. Por isso, o ideal é ter um equilíbrio de cores quentes e frias no quarto do bebê.

Rosa

Os tons mais frios de azul, na análise do Feng Shui, estão associados à água, trazem tranquilidade, calma, introspecção. “Mas, em excesso, podem estimular o medo e a tristeza”. Os tons mais quentes de azul, como o turquesa, funcionam energeticamente como o verde.

No Feng Shui, o rosa está associado ao Fogo, mas de uma maneira suave. “Traz vivacidade, amorosidade, estímulo na dose adequada, sem excessos”.

Amarelo

É uma cor de Terra, traz estabilidade, segurança e conforto. “Em tons vivos, está associado à alegria e é um estimulante dos processos mentais”.

Branco

Esta cor, segundo o Feng Shui, pertence à categoria do Metal. É uma cor neutra, com tendência ao yin-frio. Pode ser muito interessante como base para aplicação de detalhes em outras cores. Mas um quarto de bebê totalmente branco torna-se estéril pela falta de estímulos, e deve ser evitado.

Verde

Está ligado à abundância, à fertilidade, à criatividade. Em excesso, pode causar agitação ou irritabilidade.

Vermelho

É um tom que, no Feng Shui, associa-se à fase Fogo. “É muito estimulante, sendo a cor mais yang (masculino) do espectro, e deve ser usada apenas em detalhes no quarto de bebês, nunca em grandes áreas, como paredes ou cortinas”.

Geralmente meninos são mais agitados que as meninas, por isso que a cor azul, além de ser associada aos meninos ela tranquiliza. E a cor rosa estimula, ideal para meninas que são mais calminhas. Mas, claro que isso não é regra. Existem meninas agitadas e meninos calminhos, o ideal é criar um ambiente agradável, respeitando sempre as características individuais da criança e da família.

SEM COMENTÁRIOS