Raquitismo, causas e tratamento (em crianças)

0
Raquitismo, causas e tratamento (em crianças) (Foto: Divulgação)

O raquitismo é uma condição que pode ser definida por um defeito de mineração dos ossos. Com isso ele afeta o crescimento e desenvolvimento dos ossos. Portanto, os ossos tornam-se suaves e fracos, fazendo com que os eles tornem-se deformados. Nos adultos, o raquitismo pode ser conhecido como osteomalacia ou ossos moles.

E depois desse breve resumo sobre o que é raquitismo, trataremos a seguir suas causas e formas de tratamento, focando no publico infantil onde a doença tem a sua maior incidência.

Raquitismo, causas e tratamento (em crianças) (Foto: Divulgação)
Raquitismo, causas e tratamento (em crianças) (Foto: Divulgação)

Causas do raquitismo

Em sua maioria, o raquitismo pode ser adquirido através da falta de vitamina D e cálcio. Além dessas causas, podemos citar as alterações na produção de osteoide, falta de fósforo, deficiência de absorção, carências nutricionais, incapacidade e/ou dificuldade de metabolizar ou utilizar a vitamina D, disfunções no Ph do osso ou presença de substancias que possam estar inibindo a sua mineração.

Pegando como exemplo, podemos citar que par adquirir a vitamina D é necessário, por exemplo, expor-se ao sol. A partir disso, a pele entra em contato com a luz solar e absorve a vitamina necessária. Em alimentos também podemos encontrar a vitamina.

Casos raros de raquitismo

Nos casos mais raros, pode-se encontrar crianças que nascem com uma forma genética de raquitismo. Em sua maioria, as crianças afetadas são aquelas que tem doenças raras no rim, fígado ou intestino. Por consequência dessas doenças, ocorre uma má absorção das vitaminas e minerais

Consequências do raquitismo

As crianças que são portadoras dessa doença têm como característica afecções nos dentes, dores fortes nos ossos, espasmos musculares, baixos valores de cálcio no sangue, deformação esquelética, músculos frágeis, crânio frouxo e maior tendência a lesões nos ossos.

Raquitismo, causas e tratamento (em crianças) (Foto: Divulgação)
Raquitismo, causas e tratamento (em crianças) (Foto: Divulgação)

Principais sintomas

Hiperatividade;

Sudorese na cabeça;

Braços e pernas arqueados;

Fraqueza muscular;

Deformações na coluna;

Grande tendência a fraturas;

Repetidas infecções respiratórias;

Má formação torácica;

Erupção dentária atrasada;

Fontanela ampla;

Convulsões e tetania neonatais.

Formas de tratamento

O tratamento dependerá do tempo em que se levará para diagnosticar o caso. Portanto, é de suma importância, ao verificar algum sintoma semelhante, procurar um medico qualificado e capacitado para avaliar e tratar da doença. Todo raquitismo necessita de tratamento.

Os tratamentos não tem segredo. Ë necessário ter uma boa alimentação e exposição a luz solar. Também há a alternativa de reposição da vitamina D e a exposição a luz ultravioleta.

Vale destacar que se a criança ainda amamenta, talvez a quantidade de cálcio não esteja sendo a suficiente. Portanto, será necessário um leite mais fortificado.

 

SEM COMENTÁRIOS