Parto Normal ou Cesariana ?

0
Parto normal
Parto normal cesariana, qual deles você prefere, qual dos dois é o melhor para a mãe e o bebe?

Parto Normal – O parto normal ou parto natural existe desde que o mundo é mundo, e é a forma mais espontânea e instintiva dos bebês nascerem.

Após nascer pelo parto normal, a criança respira melhor, pois ao sair da barriga o seu tórax é comprimido e com isso o líquido amniótico de dentro dos seus pulmões é expelido, facilitando o primeiro suspiro da criança na hora em que nasce. No parto natural as contrações uterinas “estressam” o bebê, fazendo com que o organismo dele produza cortisol e deixe os pulmões preparados para trabalhar na capacidade máxima.

Para a mamãe, o parto normal acelera a saída do leite, pois durante o trabalho de parto, o organismo da mulher libera os hormônios ocitocina e prolactina, que facilitam a “descida” do leite materno, permitindo que a mulher amamente tão logo seu bebê nasça e esteja preparado para receber o alimento. O parto normal oferece mais segurança para a mulher, que não precisa passar pela cesariana, uma cirurgia como qualquer outra e que envolve riscos de infecção tanto para a mãe quanto para o bebê.

Cesariana ou Cesárea
Os partos via cesárea tem aumentando muito em todo o mundo, fenômeno esse denominado de “epidemia de cesáreas”. Muitos países têm taxas de cesariana muito acima da recomendação da Organização Mundial de Saúde, que diz que apenas 15% das mulheres necessitam realmente de parto cirúrgico. Essa estatística da epidemia de cesáreas inclui o Brasil, onde mais de 50% dos partos totais ocorre por via cirúrgica (e, na rede privada de hospitais, a taxa é de mais de 80% de cesarianas).

A cesariana é uma cirurgia de grande porte, e deveria ser aplicada apenas em casos de extrema necessidade e por recomendação médica, em que a mãe não pode passar pelo parto normal. Os riscos da cesárea não podem ser ignorados. Para a mãe, eles incluem a ocorrência de aderências, infecções, hematomas, hérnias, lesões na bexiga ou outros órgãos, hemorragias, acidentes anestésicos e tromboembolismo, o que pode levar à morte. Para o bebê incluem cortes acidentais, desconforto respiratório, maior necessidade de UTI neonatal e mais dificuldades posteriores na amamentação, além de outras doenças na vida adulta por nascer mais fragilizado. Mas há vantagens no parto por cesariana. Ele pode salvar vidas de bebês e mães quando o trabalho de parto é anormal ou ineficaz, quando o bebê está em uma posição anormal, se o bebê está tendo padrões de batimentos cardíacos anormais ou em casos recomendados pelos médicos.

Parto normal
Parto normal cesariana, qual deles você prefere, qual dos dois é o melhor para a mãe e o bebe?

Dúvidas frequentes sobre a hora do parto:

Quais as vantagens e desvantagens do parto normal e da cesariana, o que é melhor, parto normal ou cesariana, Qual dos dois partos é melhor para a mãe e para o bebê, é possível escolher qual parto você prefere ou só o obstetra é que pode definir isso?

Muitas mulheres temem o parto normal por causa da dor, mas é importante saber que a dor estará presente em qualquer um dos tipos de parto, só que de maneira diferente.

No parto normal a dor inicia gradativamente, conforme as contrações uterinas vão se intensificando, e é semelhante a cólicas menstruais intensas, elas vão e vem, conforme as contrações. Perto da hora do bebe nascer, junto a estas dores aparece uma vontade de fazer força, como para fazer cocô, vontade esta que vai aumentando gradativamente, até que a paciente inicia a fazer força ajudando na expulsão do bebê.

Enquanto que na cesariana as dores aparecerão após a cirurgia, muito intensa nas primeiras 24/48 hs, dificultando qualquer tipo de movimento e diminuindo gradativamente com o passar dos dias.

Para amenizar a dor do parto normal, poderá ser realizado o parto com analgesia ( parto sem dor ), onde os médicos recorrem a uma combinação da anestesia raquidiana, a mesma usada na cesárea, e a peridural. Dessa forma, a grávida sente as contrações, mas não sente a dor, e consegue até mesmo ajudar a impulsionar a criança para fora do seu corpo.

Em alguns casos, para facilitar a saída da criança, é realizada a episiotomia, um pequeno corte lateral na região do períneo, e quando isso acontece a cicatrização geralmente leva no máximo uma semana.
Quando realizado parto normal , a paciente terá alta hospitalar em aproximadamente 24 a 48 hs no máximo, e quem faz cesariana recebe alta normalmente entre 36 a 72 horas após o parto e pode levar de 30 a 40 dias para se livrar das dores, ou seja, cinco vezes mais tempo que a mulher que opta pelo parto natural.

Outro fator importante de ter em vista na hora da escolha , é que o primeiro parto normal, normalmente é mais demorado, após o primeiro , os próximos provavelmente serão rápidos e fáceis , enquanto que na cesárea ocorre o inverso , quanto maior o número de cesarianas , maior a dificuldade da cirurgia e riscos de complicações .

Converse com seu médico e veja com ele qual a melhor opção para você e para seu bebê.

Até agora esclarecemos os riscos e benefícios dos dois tipos de parto, para que haja possibilidade de escolha, mas é necessário saber que existem situações que exigem a cesariana , não dando escolha para a paciente nem para o médico .

 

 

 

 

SEM COMENTÁRIOS