Hipotireoidismo na Gravidez

0
Consultar o médico e fazer o pré-natal é a melhor forma de evitar o hipotireoidismo na gravidez

O hipotireoidismo é uma alteração no funcionamento da glândula tireoide (glândula localizada na parte anterior do pescoço)onde a produção de hormônios tireoidianos ( T3 e T4) esta diminuída. Alteração bastante frequente nas mulheres em todas as idades, e pode provocar prejuízos importantes na idade fértil, tanto nas mulheres que querem engravidar, como nas gestantes e seus bebês.
Sempre sugerimos que sejam realizados alguns exames prévios a gestação, para que esta decorra o mais tranquilamente possível.
A mulher que tem hipotireoidismo pode ter dificuldade de engravidar, por alterações na ovulação provocadas por esta deficiência.
Nas mulheres grávidas aumenta o risco de abortamento, Pré-eclâmpsia, parto prematuro e nos fetos pode trazer alterações no desenvolvimento do sistema nervoso e na estatura.

Consultar o médico e fazer o pré-natal é a melhor forma de evitar o hipotireoidismo na gravidez
Consultar o médico e fazer o pré-natal é a melhor forma de evitar o hipotireoidismo na gravidez

Crianças cujas mães não tiveram o diagnóstico do hipotireoidismo durante a gestação, podem nascer com hipotireoidismo, o hipotireoidismo congênito, que pode levar a um retardo no crescimento, dificuldades de aprendizagem e alterações motoras em diferentes graus.

O hipotireoidismo na grande maioria das vezes aparece sem sintomas, podendo ser detectado facilmente com uma simples dosagem do TSH (hormônio estimulante da tireoide), ou do T3, T4, T4 livre e TSH. Quanto mais precoce o diagnóstico mais cedo é iniciado o tratamento, diminuindo as consequências tanto para a gestante, quanto para o recém-nascido.

É importante prestar atenção nos sintomas que o corpo mostra
É importante prestar atenção nos sintomas que o corpo mostra

O tratamento consiste na reposição de hormônio tireoidiano sintético ( tiroxina) cuja dosagem vai ser indicada pelo médico , de acordo com o resultado dos exames. O controle é realizado periodicamente durante toda a gestação, quando em valores normais se repete a cada 90 dias junto aos exames de rotina, e se alterados conforme a indicação médica.

O uso da medicação (tiroxina) não traz riscos, deve ser usada sempre que indicada. Muitas gestantes tem medo de usar medicações durante a gravidez, todas as mulheres tem que ter conhecimento de que muitos medicamentos indicados pelo seu médico são indispensáveis para uma gravidez saudável trazendo benefícios para a gestante e o recém-nascido.

 

Dra. Eunice Costa Pires – CRM RS – 17.739

Ginecologia, Obstetrícia e Ultrassonografia.

 

 

 

SEM COMENTÁRIOS