Ecografia na Gravidez

0
4 D
4 D - 32 semanas

 

Ultrassom
Ecografia – o exame magico

A ecografia é um exame bastante realizado durante toda a gestação, por ser de baixo custo, e de grande valor diagnóstico para confirmação de idade gestacional e avaliar desenvolvimento fetal .

Quando realizar a ecografia ?

Para confirmação da idade gestacional ,

Pode ser realizado por via abdominal (pélvica), ou transvaginal (mais preciso) ,quanto mais precoce melhor, menor a margem de variação em dias, para precisar a data do parto. O ideal é realizar entre as 6 – 8 semanas de atraso menstrual, nesta época já e possível visualizar o embriãozinho com batimento cardíaco, e a margem de variação no cálculo da idade gestacional é 4 a 7 dias .

Gestação de 6 semanas, embrião mede aproximadamente 0,50 cm e ja se pode observar o batimento cardiaco.

6semanas

Gestação de 8 semanas, embrião mede aproximadamente 1,70 cm, e ja se podem visualizar discretos movimentos.

8 semanas

 

 

 

 

 

 

 

 

Gestação de 10 semanas, embrião mede aproximadamente 3,0 cm e ja se visualizam os codos de desenvolvimento dos membros superiores e inferiores

10 semanas de gestacao
10 semanas de gestacao

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quando neste primeiro exame não se consegue visualizar o embrião, ou se este é muito pequeno e não se consegue detectar o batimento do coração, se indica que se repita o exame num prazo de 7 a 15 dias

Translucencia
TN – 12 semanas

Ecografia Estrutural de 1 trimestre

Realizada preferencialmente entre as 11 e 14 semanas de gestação. Neste exame, será realizado uma avaliação minuciosa do feto, e medida a translucencia nucal , medida está que nos ajuda a descartar a possibilidade de algumas alterações genéticas, como a síndrome de down, edwards e mal formações cardíacas . Avaliando-se também a quantidade de líquido e toda a estrutura ovular.
A margem de diagnóstico para síndromes deste exame ultrapassa os 90 %. Quando apresentar alguma alteração, p

oderá ser complementado com outros estudos , indicados pelo médico.
Nesta ecografia também se visualiza o tubérculo genital, estrutura de onde se desenvolve a genitália do bebe . Nesta época os genitais ainda não estão formados, e a possibilidade do sexo é dada pela posição do tubérculo genital, que quando encontra-se paralelo a coluna tem maior probabilidade de ser do sexo feminino e quando está formando ângulo com a coluna , ser do sexo masculino, mas apresenta um margem de erro aproximada aos 25 %.

Indicamos não comprar o enxoval baseado nesta ecografia, para não correr o risco de ter que sair fazendo trocas.

Ecografia estrutural de 2 trimestre

Deve ser feito de preferência entre as 18 e 24 semanas de gestação , faz uma avaliação detalhada das estruturas fetais, quantidade de líquido amniotico e desenvolvimento da placenta. Nesta idade gestacional, os órgãos já estão formados e é possível ver se o bebe esta se desenvolvendo bem.
Esta ecografia é de grande valor para descartar mal formações fetais , e síndromes genéticas ( com uma margem proxima aos 60%, na detecção destas).
Aqui já se consegue definir o sexo do bebe com certeza.
  Ecografia do 3 trimestre

Está realizada preferencialmente entre 28 – 34 semanas, serve para ver se o desenvolvimento do feto está de acordo, se está crescendo normalmente, descartar mal formações e alterações tardias , assim como avaliar volume do líquido amniotico e posição fetal .
Estes exames citados acima , são os solicitados com mais freqüência durante um pré natal normal , mas além desses alguns médicos pedem de rotina a ecocardiografia fetal .

Em algumas gestações, normalmente nas gestações de alto risco , pode ser necessário exames mais freqüentes e mais sofisticados como a dopplerfluxometria fetal, para avaliar o perfil biofísico fetal e outros parâmetros , que serão definidos pelo Obstetra.

4 D
4 D – 32 semanas Ecografia em 3 /4 D

Ecografia em 3 / 4 D

A tão comentada ecografia em 3 e 4 D, tem como finalidade maior, mostrar o rostinho e algumas partes do corpo do bebe , para alegria dos papais , mas tem pouco valor diagnóstico, e muitas vezes traz decepção por não se conseguir a tão esperada foto, que dependendo da posição do feto , se torna impossível .
A ecografia que realmente serve para análise diagnostica detalhada é a convencional, ou seja a 2 D .

Se tivéssemos como opção um único exame ecográfico durante toda a gestação , sugeriria realizá-lo por volta das 20 – 24 semanas , onde ainda se tem pouca variabilidade no cálculo de idade gestacional e boas condições de avaliar o desenvolvimento fetal .

Muitas vezes chegam pacientes para realizar o exame , questionando por ecografia colorida , isto até estes dias ainda não existe, a cor que temos nos exames , são na dopplerfluxometria , que da cor ao fluxo sangüíneo de acordo com sua direção,( vermelho e azul ) e no convencional ou no 3 e 4 D , que dependendo do aparelho , podemos usar filtros que dão matizes tons que se pode escolher ( azul, verde, amarelo, rosado …).

 

Dra. Eunice Costa Pires – CRM RS 17.739 – Ginecologia , Obstetrícia e Ultrassonografia.

 

SEM COMENTÁRIOS