É possível amamentar depois de ter câncer de mama?

0
O câncer de mama é uma doença que tem cura

O maior desejo de toda mulher é ser mamãe. A gestação torna a mulher completa. Todas as fases que inclui este período devem ser curtidas ao máximo. A barriga crescendo, a hora do parto, a primeira vez que o bebe for mamar tudo isso é encantador. A amamentação é fase mais importante para a saúde do bebê. O leite materno é o melhor alimento que uma criança pode receber, pois que foi especialmente produzido para suprir todas as necessidades do bebê. O contato com a mãe ao mamar no peito é muito importante pois, acalma o bebê.

É não é somente para a saúde do bebê que amamentar tornou-se importante, paras mamães também. Mamães que amamentam por mais de seis meses têm menos chances de desenvolver a doença devido à substituição de tecido glandular por gordura nas mamas. “A amamentação é uma proteção natural”. Mesmo aquelas que desenvolvem o câncer de mama, se amamentaram por mais de um ano, têm chance de desenvolver um tipo de câncer menos agressivo, com melhor prognóstico.

O câncer de mama é uma doença que tem cura
O câncer de mama é uma doença que tem cura

Riscos de câncer de mama após os 30 anos

Os riscos das mulheres desenvolver o câncer de mama após os 30 aos é maior. Atualmente o número de mulheres que decidem ter filhos nesta faixa etária tem aumentado, ou seja, se espera-se que no futuro exista um número maior de casos de câncer de mama durante a gravidez.

Mulheres que já tiveram histórico da doença podem amamentar seus bebês. Mas neste caso, é preciso procurar auxílio e orientação médica, já que a doença ou os próprios tratamentos podem dificultar na amamentação, mas nada impede que uma mãe com câncer unilateral (em apenas uma das mamas) use o outro seio sadio para amamentar. Estudos sobre os componentes do leite materno sugerem que ocorre também uma proteção contra o desenvolvimento do câncer de mama na idade adulta dos bebês que receberam boa amamentação.

As mamães podem amamentar seus bebes após câncer de mama desde que orientadas pelo médico
As mamães podem amamentar seus bebes após câncer de mama desde que orientadas pelo médico

É importante que, durante o período da amamentação, seja evitado tudo que possa sensibilizar a região, como o uso de cremes e pomadas, que, por hidratar a pele a deixam mais sensível a fissuras durante a amamentação. Expor as mamas ao sol e ajudar o bebê a mamar da maneira adequada também previnem machucados e a mastite (inflamação das mamas). Todos esses cuidados contribuirão para preservar a saúde mamária. A amamentação dificulta o diagnóstico precoce do câncer de mama. Portanto o exame das mamas na gravidez é extremamente importante.

SEM COMENTÁRIOS