Como uma filha mulher enxerga seu pai.

0
Como uma filha mulher enxerga seu pai. (Foto: Divulgação)

Desde pequena a menina tem a imagem do pai como um herói, como um protetor. É o primeiro amor na vida da menina.

Segundo Freud, o amor pelo pai é um processo fundamental, também para a orientação sexual na sua vida adulta. Pois quando vê que sua mãe tem um relacionamento com o pai, a menina procura imita-la se apegando ao pai e se tornando de certa maneira “rival” de sua mãe. Ao perceber que o pai pertence a mãe a menina se identifica com ela e procura seguir os mesmos passos da mãe. Assim, mais tarde a menina acaba, inconsequentemente, procurando homens com características semelhantes a do pai. Mesmo sem a intenção que seja assim.

Como uma filha mulher enxerga seu pai. (Foto: Divulgação)
Como uma filha mulher enxerga seu pai. (Foto: Divulgação)

O que a menina deseja do pai:

Ela quer sentir-se amada e valorizada. A intenção é que o pai note sua beleza, sua roupa nova, seu cabelo arrumado, suas conquistas na vida. Ela quer ser mimada, quer ser reconhecida, quer elogios. E é fundamental que ela receba esta resposta do pai, que ele a veja e a aprecie. Elogia-la com a roupa nova, parabeniza-la com suas conquistas é de suma importância. É assim que ela acaba percebendo o quanto o pai a ama e quanto ela é importante para ele.

Toda menina é a princesinha do papai, não aceita qualquer tratamento que seja menor ou inferior a este. Embora as criticas sejam necessária, quando ela recebe-as do pai, estas criticas não são bem recebidas.

É importante que ele saiba falar com bondade ou que que passe, não sempre, mas de vez em quando este papel para a mãe por exemplo.

Os dois tipos de pai

Estudos de psicólogos mostram que ser um pai autoritário pode deixar uma mensagem para a filha mulher que ela tem que se submeter aos homens. Cuide na hora de conversar com ela ou de fazer alguma crítica. Nem sempre a autoridade tem que estar presente. Pois quando as vezes ela puder tomar suas próprias decisões isso poderá ajuda-la a amadurecer e a assumir as consequências de suas escolhas e atitudes.

Já quando se é feito tudo o que ela quer, faz com que ela se torne manipuladora, deve ser imposto limites, mas tudo com cautela.

Lila Rosana, psicóloga diz que: Tratar a sua filha com respeito, confiança e amor, fará dela uma mulher segura e hábil para se relacionar não apenas com os homens, mas com todos ao seu redor.

 

SEM COMENTÁRIOS