Choro na escola – como lidar

0
Choro na escola – como lidar (Foto: Divulgação)

O primeiro dia de escola, para os pequenos, ou o retorno das férias pode ser uma situação no mínimo perturbadora para inúmeros pais que são de primeira viagem. Parece que o mundo vai acabar e você acaba se sentindo o pior pai/mãe do mundo, afinal de contas, seu filho está aos prantos clamando por clemencia e pedindo para não ser deixado na ESCOLA. Porem é preciso que os pais entendam que esse tipo de atitude ou, melhor dizendo, esse tipo de barganha é muito comum e não pode ser levada em conta. Basta seguir algumas dicas e você perceberá que o problema pode ser solucionado rapidamente e de forma prática.

Lembre-se que seu filho merece todo o amor e carinho

Choro na escola – como lidar (Foto: Divulgação)
Choro na escola – como lidar (Foto: Divulgação)

Esse alerta é sempre bom ser dado, afinal de contas, diariamente se vê em noticiários e em outros veículos de mídia os maus tratos que crianças sofrem de seus pais por motivos torpes. Muitas vezes é constatado que esses maus tratos são ocasionados pelo excesso de cansaço e por distúrbios emocionais.

Portanto, procure sempre se lembrar quando estiver chegando em casa cansado e estressado por causa de mais um dia difícil, seu filho não tem culpa nenhuma desses acontecimentos e o que ele mais quer é receber todo o amor e carinho que somente seus pais podem dar e que somente um filho pode retribuir à altura.

Choro na escola: como se portar diante dessa atitude

Choro na escola – como lidar (Foto: Divulgação)
Choro na escola – como lidar (Foto: Divulgação)

Listaremos logo a seguir algumas dicas para evitar que esse tipo de situação ocorra por causa de alguma atitude indevida que você pai ou mãe tomam e para evitar que isso ocorra por parte de seu filho.

Não exagere nas recomendações antes das aulas

Ao fazer isso você estará fazendo com que o seu filho se sinta pressionado com tanta responsabilidade. É importante informar que seu filho precisa ser educado e gentil, ser amigo dos colegas, porem, lembre-se que você só poderá dar maiores recomendações com o passar do tempo.

Seja claro sempre com relação à importância da aula e que você o está levando no momento

Não esconda a realidade. Sempre fale sobre o assunto com naturalidade

Evite oferecer prêmios quando a criança começar a chorar

Se começar a chorar, mantenha-se firme e não barganhe com ele, afinal de contas, é isso mesmo que ele quer que aconteça.

Seja pontual, levando o seu filho no mesmo horário sempre

Isso transpassa para a criança uma seriedade sobre a situação.

Evite mudanças drásticas na rotina da criança

Ao menos nos primeiros dias de aula. Faça essas mudanças aos poucos como, por exemplo, tirar a mamadeira e a chupeta ao mesmo tempo.

 

SEM COMENTÁRIOS